Team Motards do Ocidente & Operação Nariz Vermelho

Duplo pódio para os pilotos do nosso team na 5.ª Ronda do CNV, a terceira Etapa no autódromo do estoril

img_20160926_074545

Decorreu no passado fim de semana a 5.ª ronda do Campeonato Nacional de Velocidade 2016 – Estoril III, no Autódromo do Estoril. Foi um fim de semana a cheirar a outono, com temperaturas amenas, quer no sábado, quer no domingo.

Mais uma vez deixámos para segundo plano a competição em pista e levamos a cabo uma iniciativa solidária: um ‘Guest Ride’ muito especial com os colaboradores da Operação Nariz Vermelho, de forma a retribuir e reconhecer o valor e alegria dos Doutores Palhaços e profissionais da mesma, cuja principal missão é fazer sorrir crianças hospitalizadas. Além de terem dado uma volta numa moto turística pelo circuito do Autódromo com os nossos pilotos, também enchemos o paddock de narizes vermelhos e tivemos um pódio que foi “uma verdadeira palhaçada”! Mais uma vez, esta iniciativa não teria sido possível sem o imprescindível apoio do Motor Clube do Estoril, da FMP – Federação de Motociclismo de Portugal, da Motoval, do Zanza Team e da BMW Motorrad. Muito obrigado a todos!

Falando de classificações, em jornada dupla, duplo pódio para o nosso Team: Em ambas as corridas deste Estoril III Pedro Flores conquistou o 2.° lugar e Jorge Afonso o 3.° lugar da Classe Open da Taça Luís Carreira- ENI. No rescaldo de ambas as mangas, Pedro Flores referiu que “No plano competitivo estou muito satisfeito por ter feito um tempo por volta que nunca pensei conseguir com uma moto totalmente de série e com quase 20 anos. A concorrência também está forte, mas acaba por ser bom para a evolução de todos. Fora do plano competitivo foi muito bom fazer parte mais uma vez de iniciativa solidária, e no conjunto de actividades paralelas às corridas dou os meus parabéns ao António Lima, todo o staff do MCE, ao Coronel Armando Marques e a um elemento fundamental dos bastidores que é o João Morgado. A sensação com que fiquei foi que neste fim de semana o CNV deixou de estar fechado em si mesmo e abriu-se ao público. Não quero deixar igualmente de agradecer à Joana e ao Rui do Zanza Team por toda a entreajuda nas iniciativas que temos desenvolvido em conjunto. Todos os restantes amigos e família que marcaram presença, muito obrigado.” Jorge Afonso fez das palavras de Pedro Flores as suas, acrescentando que por motivos mecânicos não conseguiu progredir na classificação como desejava, pois uma fuga no radiador obrigou-o a conter a toada, de forma a conseguir chegar ao fim e amealhar importantes pontos no campeonato. Uma vez mais agradecemos todo o apoio dado pelos nossos patrocinadores.

O CNV segue para Braga, nos próximos dias 15 e 16 de outubro, sob a organização do Clube Automóvel do Minho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>